Ocorreu um erro neste gadget

Postagens populares

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Eu amo São Paulo

Hoje, 25 de Janeiro, São Paulo completa 457 anos.
Resistente, a cidade que é chamada por muitos de ‘selva de pedras’ precisa apenas de um olhar mais atento para que se perceba que por trás da dureza aparente há uma beleza delicada que é só sua.
Ruas, alamedas e avenidas exibem mais do que asfalto e concreto. Ostentam árvores imponentes e de incontáveis espécies. As antigas e raras, as que pintam a paisagem com suas flores coloridas, outras que apenas oferecem sombra e abrigo, e aquelas que alimentam com seus frutos bandos de sabiás, maritacas, andorinhas, bem-te-vis e outras muitas dezenas de pássaros.
Pássaros cujo canto forte ainda consegue se sobrepor ao barulho ensurdecedor de motores acelerados, buzinas, zumbidos, falas, gritos...
A arquitetura arrojada ergue edifícios cada vez mais altos, modernos, inteligentes..., obras de arte contemporâneas que se misturam harmoniosamente a prédios históricos, com muito charme.
Isso é São Paulo... terra de contrastes, que não esconde as suas mazelas e que, do seu jeito, segue sempre em frente. Não para... Se movimenta a passos largos, na cadência de mais de 10 milhões de pessoas... Um mar de gente que se esparrama, como ondas, enchendo de vida ruas, praças, parques, avenidas.
Gente... muita gente, de todos os cantos do Brasil e do Mundo. Gente que fez e faz de São Paulo o que ela é: um mix de sotaques, costumes, culturas. Uma mistura exótica que forma o estilo de ser e viver da cidade.
São Paulo é terra de oportunidades, de trabalho, de esperança, sonho,... de desafios.
Pródiga pra uns, dura, muito dura, com outros...
Cidade grande... que atrai, ilude, assusta, surpreende, deslumbra... frustra.
Metrópole cosmopolita que não para, não dorme... São Paulo é única.
À primeira vista é frenética demais, agitada demais, confusa demais... Caótica, desenfreada, enlouquecida! Feia pra uns, linda para muitos. É rica, histórica, moderna, intelectual, esportiva, alegre, séria. Uma cidade viva, extrovertida, carrancuda, sentimental, romântica... Depende da disposição de quem a olha.
É paulista, italiana, japonesa, judaica, portuguesa, espanhola, árabe, latina, mineira, nordestina, brasileira... É acolhedora.
É terra de toda gente, terra de todos nós.
São Paulo é grandiosa em números, índices, valores. Mas, sua grandiosidade aparece mesmo é no tamanho do seu coração e na generosidade de seu povo.
Eu amo São Paulo. E você?

Um comentário:

  1. São Paulo também é terra de certa mágica. Como toda onda no mar das metrópoles, estimulante para quem segue com ela e um tanto quanto assustadora para quem recusa-se a surfar em águas agitadas.

    ResponderExcluir